Sensibilidade e Bom Senso

Este drama é baseado na obra de Jane Austen e, como tal, tem um enredo apaixonante. Gostei muito deste filme e senti que todas as personagens estavam maravilhosamente interpretadas.
É claro que foi estranho ver o Snape (Alan Rickman) a incorporar o admirador de Marianne (Kate Winslet), a irmã do meio. Foi também peculiar ver Hugh Laurie (Dr. House) a ser uma personagem gentil e amigável que se ofereceu para prestar o apoio necessário à família Dashwood (Elinor, Marianne, sua irmã mais nova e sua mãe).

Acho que é um filme a não perder!

Juan

Luís Vaz de Camões

Fazem hoje 432 anos que este ilustre poeta português faleceu. Assim, acho por bem fazer uma homenagem publicando, aqui, o meu poema camoniano favorito: “Ao desconcerto do mundo”

Convido, também, a partilharem os vossos poemas/estâncias favoritas deste poeta.

«Os bons vi sempre passar
No Mundo graves tormentos;
E pera mais me espantar,
Os maus vi sempre nadar
Em mar de contentamentos.
Cuidando alcançar assim
O bem tão mal ordenado,
Fui mau, mas fui castigado.
Assim que, só pera mim,
Anda o Mundo concertado.»

Até,

Sam

Marie Antoinette

Marie Antoinette – rainha de França aquando a revolução francesa. Para muitos, uma personagem fútil e superficial… mas será mesmo?

Kirsten Dunst encarna a personagem de uma forma formidável e inesquecível e mantém-nos presos ao ecrã. Embora conhecesse a história a priori, confesso que torci para que Maria Antonieta não morresse no final. Pode parecer estúpido, mas foi o que aconteceu!

Espero que gostem tanto como eu.

Juan

Cosmopolis

Vi este filme ontem. Não sabia o que esperar. Mesmo que soubesse, acho que me teria surpreendido. Robert Pattinson é Eric Packer, um jovem multi-milionário hipocondríaco, nesta adaptação da obra de Don DeLillo ao grande ecrã.

É um bom filme, embora melancólico, que nos faz questionar o que é viver e o que é sentir.

Espero que gostem,

Juan

O Símbolo Perdido – Dan Brown

Desta vez, Dan Brown narra uma aventura de Robert Langdon na capital norte-americana. Desta feita, com um toque de genialidade que só Brown consegue imprimir, o autor conseguiu criar um enredo surpreendente que nos faz suster a respiração nos momentos de suspense.

A poucos meses do lançamento do próximo livro de Brown, confesso que estou em pulgas para ler a sua nova obra (acho que o vou ler em Inglês… Estou mesmo ansiosa!)

Quanto ao “Símbolo Perdido”, creio que é um livro excepcional que todos devem ler.

Já agora, aproveito o momento para fazer um pedido: Deixem comentários com os próximos livros que querem que sejam “criticados”. Espero pelas vossas sugestões!

Até,

Sam

Marion Zimmer Bradley

«Science fiction encourages us to explore… all the futures, good and bad, that the human mind can envision.»

Marion Zimmer Bradley

Faz hoje 82 anos que esta autora nasceu e, infelizmente, já faleceu. Mas, para comemorar a sua existência… Peço-vos que comentem, sugiram e tudo mais. Qual foi o melhor livro dela que já leram? (a sério. Quero saber… Não sei por onde começar!)

Até,

Sam

Fonte: Brainyquote (citação)

Conspiração – Dan Brown

O que mais posso dizer em relação a este autor? Dan Brown é, pura e simplesmente, um génio literário. Com uma escrita agradável e fluída, consegue levar-nos numa espantosa aventura em qualquer livro que escreva.

Este livro é bastante curioso e interessante. Gostei muito (UAU! Que novidade!) mas considerei uns pormenores do final ligeiramente forçados. Pode ter sido impressão minha – cabe-vos a vocês ler o livro e refutar a minha ideia!

Leiam. Não se vão arrepender!

Até,

Sam